Creche “in company”. Para além de um auxílio na rotina dos pais trabalhadores, uma escola de excelência na Primeira Infância!

Creche “in company”

É sabido que a participação das mulheres no mercado de trabalho tem crescido muito, em todo o mundo. A força de trabalho feminina, além é claro  da sensibilidade profissional que lhe é mais particular em função da sua natureza humana, são fatores muito valorizados pelo mercado de trabalho.

No entanto, nem sempre se consegue aliar vida profissional e vida pessoal, onde as empresas não conseguem se adequar a este aumento. Ações como sala de apoio à amamentação, licença-maternidade de 180 dias e o oferecimento de creches internas compõem o tripé “Empresa amiga da mulher”!

Assim, indicadores importantes são decisivos na tomada de decisão da implantação deste maravilhoso benefício. Confira abaixo.

Você sabia que:

Creche “in company”

Portanto, siga lendo este post para saber mais sobre a importância para as famílias e mais precisamente para as mulheres de terem uma creche dentro da empresa em que trabalham!

Fim da licença maternidade e preocupações

Creche “in company”

Não há dúvidas que a volta ao trabalho depois da licença maternidade é um período muito sensível para mulher, que se sente perdida sobre diversas questões, como a amamentação, como adaptar seu horário de trabalho ao bebê, quem irá cuidar dele enquanto ela estiver fora etc.

Por conta de todas essas dificuldades, é muito comum que a mulher apresente uma queda em sua produtividade, problemas emocionais, ou que se sinta culpada por não poder estar com o filho em tempo integral.

Muitas delas chegam a pedir demissão para poderem se dedicar da melhor maneira possível aos seus filhos. E muitas dessas situações também preocupam os homens que acabaram de se tornar pais.

Creches internas

Creche “in company”

Assim, organizações que possuem mais de 30 colaboradores com idades acima de 16 anos devem manter um espaço no qual as mães funcionárias possam ter a chance de dar assistência aos seus filhos no período de amamentação, no mínimo.

Outra opção da empresa é fornecer o auxílio-creche, um valor que é destinado a ajudar a família a arcar com parte dos custos com a matrícula da criança em um estabelecimento como esse, mas que nem sempre retornam como um investimento em educação, à medida que não seja eventualmente destinado à educação da criança bem pequena, mas sim “incorporado” ao orçamento doméstico da família! Nasce um ponto de atenção para as empresas:

QUAL É O PAPEL SOCIAL DA EMPRESA QUE, MESMO DEDICANDO INVESTIMENTO PARA O BENEFÍCIO-CRECHE, NÃO TEM O RETORNO ESPERADO EM TERMOS DE EDUCAÇÃO DA PRIMEIRA INFÂNCIA?

Logo, as creches internas são a melhor opção, claramente explícita por pesquisas de satisfação aplicadas pela UNIEPRE anualmente em todas as creches sob sua gestão! Nelas, levantam-se dados que se aproximam de 100% de grau de satisfação das famílias usuárias das creches, que expressam ser o melhor benefício que a empresa oferece aos colaboradores, com unanimidade das opiniões.

No entanto, a profissionalização na gestão do benefício é um diferencial oferecido pela UNIEPRE. Mesmo com caráter educacional, as creches são consideradas um departamento como outro qualquer da empresa. Devem estar sob o guarda-chuva da área de Recursos Humanos, com metas e objetivos bem estabelecidos entre as partes e com autorização de funcionamento dos órgãos governamentais e constante fiscalização da Vigilância Sanitária local.

Uma das grandes vantagens da creche dentro das empresas – “in company” é a possibilidade de que as mulheres consigam amamentar seus filhos por mais tempo, algo tão importante, segundo os pediatras e a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Além disso, os pais têm a chance de passar mais tempo com seus filhos, mesmo de maneira fracionada, nos horários de entrada e saída, bem como “curtirem” as crianças por alguns minutos nos seus horários de almoço, logicamente sob as regras do Regimento Interno de funcionamento das mesmas, o qual é elaborado em alinhamento aos objetivos e valores de cada cliente UNIEPRE.

Creche “in company”

A oferta de creches internas não traz benefícios apenas para os funcionários, mas para a comunidade empresarial como um todo em termos de orgulho de pertencer! Quando a qualidade de vida dos colaboradores é levada em consideração, eles trabalham mais felizes, ficam menos tempo doentes e realmente “vestem a camisa” de suas empresas, aspectos fundamentais para elevar a produtividade dos colaboradores. Por isso, a creche interna pode se tornar uma ferramenta para aumentar essa qualidade de vida e produtividade dentro de uma empresa, de forma “rápida” e eficaz em todos os sentidos.

Esperamos que este artigo tenha sido relevante para você começar a planejar uma creche dentro de sua organização.

Somos uma entidade que realiza a terceirização de creches dentro de grandes empresas que buscam conceder o benefício do auxílio creche a seus funcionários e colaboradores dentro os mais altos padrões de qualidade em Educação e sempre aberta para o mercado como um todo!

Entre em contato conosco e conheça nosso projeto! Será um prazer iniciar um diálogo!

Vamos iniciar um diálogo?

Te aguardamos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *